sexta-feira, 13 de abril de 2007

Cerveja Divina


Eu sou um homem de fé! Bebo a minha cervejinha religiosamente todos dias ou melhor, relógio-samente. É imperial manter este ritual e visitar todos dias o santuário do malte e da cevada.
Por vezes até sinto uma força divina que me dá para praticar o bem e partilhar com o próximo uma próxima rodada.
Nunca fui a Fátima a pé mas já andei muito para beber uma fresquinha. Sou tão dado a esta religião que me vejo sempre rodeado de beatas, como que a dizerem "vai mais uma oraçãozinha?", "agora é uma Avé Mariazinha". Mas eu digo não senhor, ou é para todos ou não é para ninguém! Quem não tem fé não se mete... "Sai mais um terço aqui para os do banco da frente".
Mas é claro, há sempre aqueles que nunca pagam uma promessa a ninguém. Vão à missa mas são uns pecadores que nunca fazem um sacrifício por ninguém.
Bom, tenho de ir andando. São quase horas de ir à missa. Vou ter com o SENHOR Antóino.

1 comentário:

Bárbara disse...

Hum, também sou apaixonada por uma cervejinha. Não dispenso, mas só de fim de semana. Um beijo

www.trivialfenomenal.zip.net

Related Posts with Thumbnails