terça-feira, 30 de setembro de 2008

Caril de Camarão à Francesa


Para os que não sabem o caril é uma mistura variada de especiarias moídas, nomeadamente gengibre, cárdamo, cominhos, pimenta, coentros, cravinho, canela, flor de noz-moscada, paprica, erva-príncipe, entre outras. Embora um produto proviniente da India, foram os ingleses que o inventaram.
A parte francesa da questão é o alho francês, que de França não tem nada. - "Tomara eles!" - Cultivado pelos egípcios e Hebreus, este vegetal da família da cebola, traz benefícios para a saúde, ajuda na prisão de ventre, na sinusite e na bronquite. Brevemente vou sugerir outra receita de uma entrada com alho francês muito fácil e rápida de fazer.

Passando à receita propriamente dita, quero divulgar o tipo de produtos e onde se podem encontrar, este, a meu ver, é um factor relevante.
O camarão foi comprado no Pingo Doce, já cozido e pronto a levar, custa apenas 9 euros o quilo e sinceramente é do melhor que já comi!
Uma embalagem Rajah - Barra de Coco - que é literalmente um "tijolo" de coco, que se raspa, a quantidade pretendida e é só dissolver na água. De grande duração, faz com que o possamos usar sem a preocupação do prazo depois de aberto. Experimentei também Patak's Original - é uma pasta de caril (suave ou hot), um produto que já é comercializado em Portugal e muito prático e saboroso.

O resto é fácil, faz-se um refugado de azeite e alho francês (cortado muito fininho), mistura-se o camarão, préviamente cozido e descascado, a água com o coco e em seguida a pasta de caril, deixar em lume brando uns 10 minutos. Para acompanhar sugiro arroz Basmati e um vinho tinto, Casa da Alorna de 2000, um vinho premiado com a meldalha de ouro no concurso
"Os melhores vinhos engarrafados do Ribatejo".
Mais uma dica, oiçam música enquanto cozinham, o ritmo
da música transporta-se para os nossos movimentos...
Desta vez, o álbum escolhido foi A DAY IN NEW YORK,
de Morelenbaum e Sakamoto.

Apreciem!

5 comentários:

Rivera disse...

Adoro este prato! É divinal!

Rivera disse...

Ah! esqueci-me de dizer que nunca vi essas barras de coco... onde é que compraste?

Sofia Catarino disse...

Por lapso, não mencionei onde comprei a barra de coco e a pasta de caril, mas aqui fica a informação... Corte Inglês em Lisboa. Mas penso que não será só aqui que se consegue adquirir estes produtos em algumas lojas Gourmet. Para a semana já posso dar mais info sobre estas lojas, que já se espalham, e muito bem, pelo nosso país. Abraço

Tia Maria disse...

Vim com o meu marido para a Holanda há 2 anos. E descobrimos que aqui há fartura de mercados e mini-mercados indianos, tailandeses e indonésios.
Desde que descobri os prazeres da comida asiática, que sou cliente regular.
E gasto toneladas, salvo o exagero, de Pasta de Caril da Patak´s.
Ainda não experimentei esta receita, mas é para breve.
Fica a sugestão de experimentar uma sopinha de caril picante, que é uma delícia.
A Tia Maria

Sofia Catarino disse...

Oh Tia Maria, eu voltei da Holanda em 1998, mais preciosamente de Geleen... e lá tem realmente um largo acesso a este tipo de mercado! Experimente a receita e conte-nos tudo!
Bons enfardanços!

Related Posts with Thumbnails