sábado, 21 de agosto de 2010

Fondue (ou o raio que o parta) de queijo em pão "ranhoso"


Quantas vezes compramos pão que não presta? Pois é. A minha sugestão de hoje serve de desculpa para que não se levem essas desilusões a peito. Deve-se perdoar o canalha que perdeu tempo a fazer tal atentado e, sempre que sair na rifa um pão ranhoso de tamanho médio ou grande, usa-se como se fosse um normal "tacho" de fondue, transformando a desilusão em algo sublime.

Então é assim... corta-se a parte superior do "ranhoso" em círculo, retira-se todo o miolo do "desmiolado" e enquanto isso mistura-se num recipiente o queijo "palha", alho picado, cebola picada, coentros picados, béchamel (ou maionese) bacon picado (ou restos de chouriço, presunto, paio, etc), oregãos, azeitonas picadas, pimenta e picante.

Depois de bem misturado, coloca-se o preparado dentro do que resta do "ranhoso" e leva-se ao forno bem quente durante 10 minutos. Se sobrar (o que duvido) pode perfeitamente ser comido frio no dia seguinte porque a "molhanga" não solidifica. Atenção...não deixem o "ranhoso" estar muito tempo no quentinho do forno porque se a humidade da molhanga "dá à sola", nunca mais a apanham e a desilusão repete-se.

Para terem uma referência, a molhanga deve ficar com uma textura semelhante ao queijo da serra amanteigado. Barrado em tostas ou pão torrado não fica nada mal. Reguem a goela que digere o "ranhoso" com um tinto com "caparro" e, se estiverem virados para enfardar mais alguma coisa, garanto que uma saladinha mista (com rabenetes bem avinagrados) não vai nada mal.

1 comentário:

José Meirinho Esteves disse...

belissima forma de "assoar as ventas" ao ranhoso!! :D

Related Posts with Thumbnails