quinta-feira, 4 de setembro de 2008

O pão nosso de cada dia.


Tenho pena do pão! Um alimento tão importante na nossa alimentação e cada vez mais negligenciado. Parece mesmo que tem sido amassado pelo Diabo.
O pão já teve os seus dias de glória e é curioso que o que outrora foi uma metáfora para o sinónimo de beleza parece ser agora o culpado de toda a obesidade. Frases como “Aquele gajo é um pão” ou “és um pãozinho sem sal” elevavam o pão a um modelo de comparação positivo.
Hoje temos a geração das bolachas e cereais com fibras, das barras de cereais, quando o nosso pãozinho é rico em fibras, sais minerais e hidratos de carbono de digestão lenta. O problema não é o pão mas sim o que se como com ele portanto... Não arranjem desculpas para os exageros.
Há coisa melhor que um pão quente com requeijão e uma chávena de café com leite, umas torradas com ovos mexidos e bacon ou um bom pão caseiro ribatejano a molhar no azeite? E um ensopado de borrego? E uns cubinhos de pão torrado na sopa de peixe? E umas tostinhas com queijo amanteigado? E as açordas, mangusto ou milhas? E um bom prego ou bifana no pão ou ainda o pãozinho com chouriço? O que seria das sardinhas sem o pão?
O vinho também teve os seus dias maus e agora está em alta. Hoje é “bem” beber vinho, sobretudo as mulheres. É sofisticado vejam bem.
Esperemos que o pão também venha a estar na moda e comecemos a ver as mamãs a mandar uma sandes ao filho para a escola em vez de bolicaos.

Deixo aqui uma piquena sugestão, muito portuguesa com certeza.
Já lhe ouvi chamar de tiborna e torricada mas eu prefiro chamar-lhe pão torrado esfregado com alho, regado com bom azeite e que pode ser acompanhado com umas lascas de bacalhau assado.
Muito bom.

1 comentário:

Sofia Catarino disse...

E se for o célebre Pão do Torrão melhor! É uma das 7 maravilhas... Delicioso.

Abraço

Related Posts with Thumbnails